Fiéis pedem intercessão de Santo Antônio e Nossa Senhora de Fátima pela Paz no mundo

Destaques

DSC_6277

Imagem de Nossa Senhora de Fátima foi saudada pelos fiéis

          Nesta segunda-feira, muitos fiéis foram até a Paróquia Santo Antônio do Partenon para a celebração o tradicional Dia 13 e a Festa de Nossa Senhora de Fátima. Cantos e preces manifestaram a grande confiança em Nossa Senhora como a promotora da paz e da harmonia. A imagem da virgem aparecida em Portugal foi carregada pelos fiéis como sinal de que ela é guia e proteção.

            O Pároco da Igreja Santo Antônio, Frei Luiz Turra, lembrou que sua aparição ocorreu a partir de 1917, quando a humanidade estava mergulhada em tempos de guerra e sofrimento. “Neste contexto Nossa Senhora se faz presente na história”. Ele recordou que nas aparições Maria suplicava aos homens pela paz e que “escutassem o seu filho Jesus e vivessem no amor e na conversão”.

              Para Turra, a mensagem transmitida por Maria a quase um século continua atual. “Por isso, estamos aqui consagrando  nossa vida a ela”. Ele afirmou que o lema escolhido para a festa deste ano é: “Não tenhais medo”. Esta é a frase utilizada por Nossa Senhora em suas aparições para a vidente Lúcia. “Na segunda aparição ela disse: o meu coração imaculado será tua segurança e o caminho que te leva até Deus”. A expressão “não tenhais medo” aparece 365 vezes na bíblia. Segundo Frei Turra, este é um sinal de que quem tem fé não teme qualquer adversidade durante todos os dias do ano, em todo o tempo. “A confiança brota da virtude de quem acredita. Quem crê confia”. O pároco acrescentou que quem acredita não só confia em quem acredita, como acredita porque confia. “Esta confiança nasce do encontro com Cristo, através de sua mãe Maria”.

             A mensagem deixada por Nossa Senhora de Fátima, em 1917, é para que ninguém se canse de buscar a paz. Nessa orientação ela é companheira e orientadora. Numa de suas aparições ela deu garantia de que ajudaria a humanidade a encontrar o caminho da paz: “não desanimeis, eu nunca vos deixarei”. Portanto, a busca da paz é um mandato a todas as pessoas. A celebração desta segunda-feira também marcou a data de um mês intenso de preparação para a Festa de Santo Antônio, no dia 13 de junho.

DSC_6283

Devotos pediram pela paz

DSC_6288

Igreja ficou lotada nas missas desta segunda-feira