Fiéis celebram segundo dia dos Treze Passos para 2013

Destaques

DSC 0987

Símbolo do segundo dia dos Treze Passos

        “O amor de Deus é surpreendente, porque a realização do amor autêntico e verdadeiro vem de onde a gente não espera”. A afirmação é do Vigário Paroquial da Igreja Santo Antônio do Partenon, Frei Adelino Pilonetto. Ele foi o pregador da missa da tarde desta terça-feira no segundo dia dos Treze Passos com Santo Antônio para o Ano Novo. A celebração reuniu centenas de pessoas da Igreja que meditaram sobre a figura bíblica do Bom Samaritano.

        Frei Adelino afirmou que o amor não veio do templo ou da casta sacerdotal, mas daquele samaritano que só tinha a preocupação de fazer o bem. “Com olhar de amor ele dá atenção ao caído à beira do caminho e o acolhe prestando o melhor cuidado”. Para Pilonetto, o apelo deste gesto é para sermos bons samaritanos, nos caminhos da vida. “Jesus é o grande samaritano que chegou ao extremo de morrer para reconstruir a vida e a toda a humanidade”. O Frei acrescentou que Jesus não veio apenas para revelar o caminho da religião, mas o caminho do amor e do humanismo. “Se a religião não nos abre para vivermos o amor, estaremos condenados”.

         Durante a celebração, os fiéis receberam o segundo pé com a palavra “samaritano”, para compor o mapa de preparação e de atitudes para iniciar bem o Ano de 2013. No final a celebração, todos receberam a bênção da saúde e dos objetos de devoção. A tradicional partilha do Pão de Santo Antônio encerrou a celebração.

 

DSC 0989

Frei Adelino com os Ministros da Eucaristia em moemnto de oração

DSC 0994

Fiéis recebem a bênção da saúde

DSC 1000

Partilha do pão ocorreu no final da celebração

 

Elton Bozzetto - RP 10417

9.10.2012