Arcebispo lança obra sobre a Terceira Idade

Destaques

       Encontro de formao 22.05.2012 021

Dom Dadeus na sessão de autógrafos

      O Arcebispo Metropolitano, Dom Dadeus Grings lançou nesta terça-feira, durante Encontro de Formação Social na Cáritas Arquidiocesana a Cartilha da Pessoa Idosa. Com o título “Adultos Maiores”, ele faz uma reflexão à luz da fé sobre a vida na Terceira Idade. Sua 52ª Obra – são 17 cartilhas e 36 livros - salienta a Terceira Idade como resultado de um ciclo vital que conduz para um momento de raiva e passividade ou abertura para nossas possibilidades.

         Para um público de 120 pessoas, que antes do ato de lançamento assistiu sua palestra, Dom Dadeus disse que “o idoso tem um passado vivido. Ele não simplesmente passou. Ele se encarna em nós. Quem não tem passado não tem presente. O presente depende do passado que nós temos. Se temos um belo passado, o acumulamos no presente. O presente tem um peso de eternidade. Ele vale para sempre. O presente não está perdido”.

        Ele afirmou que esta obra é resultado de um longo processo de observação. “Quem chega à idade avançada tem mais tempo de observação e capacidade de ler os fatos”. Ao analisar o processo vital humano, Dom Dadeus disse que quem é ateu vive para o nada, porque tudo termina com a morte. É uma espécie de paixão inútil. Para quem crê, no entanto, a “nossa eternidade é o que construímos ao longo de nossa vida. Eu me construo para eternidade. Enquanto estamos na terra podemos acrescentar alguma coisa a aquilo que construímos, para a eternidade”. Por isso, na opinião do arcebispo, o futuro é o sonho com o céu. “Esta é nossa perspectiva cristã, porque somos alegres na esperança. A eternidade é uma construção que não passa”.

Ele lamentou a existência de uma realidade que machuca muito os idosos. Por isso, o problema dos velhos não é somente deles, mas de toda a sociedade. Mais de 90% de casos de violência contra os idosos ocorre dentro de casa. Desses, 58% são praticados pelos próprios filhos. Ele lembrou que por essa razão, a arquidiocese optou pelos grupos de convivência e fortalecimento de vínculos dos idosos, como prática de trabalho de evangelização com os idosos.

        A Ação Solidáriada Paróquia Santo Antônio esteve na atividade com um expressivo número de participantes. Os membros da Casa Santa Clara compareceram com seu tradicional uniforme, dando um destaque colorido ao evento e mostrando a jovialidade da Terceira Idade. O livro está àa disposição na livraria do Centro de Pastoral da Arquidiocese, na Cúria Metropolitana e na Livraria Padre Reus.

 Encontro de formao 22.05.2012 015

Grupo da Santa Clara no ato de lançamento

Encontro de formao 22.05.2012 028

 

Elton Bozzetto – RP 10417