Paróquia opera grande rede de solidariedade com os devotos de Santo Antônio

Cestas2

Nesta terça-feira(19 de maio), a Igreja Santo Antônio do Partenon estava vazia de fiéis, mas cheia de sentimentos de solidariedade. Num gesto simbólico de uma caridade operante, as cestas básicas distribuídos para as famílias cadastradas pela Ação Solidária Santo Antônio encheram os bancos. Durante a Santa Missa, o Frei Turra abençoou as mais de 250 cestas básicas que foram compostas com doações dos devotos de Santo Antônio e com a parceria do Mensageiro da Caridade. Juntos com os alimentos foram colocados os nomes das pessoas cadastradas na ação solidária, num sinal de comunhão e unidade com todas as famílias.

O Coordenador da Ação Solidária, Eleutério Soligo, estava vibrante com a beleza da ornamentação. “As pessoas que fazem as doações tornam possível esta linda ação, que é a entrega do alimento para as famílias em situação de vulnerabilidade. Constituímos uma grande rede de solidariedade para ajudar a quem mais precisa neste momento”.  Ele pediu que a comunidade continue apoiando, porque com a situação de isolamento social, todos os dias pessoas desesperadas vão até a Igreja pedir um auxílio. “Ajudamos a centenas de pessoas além das famílias cadastradas em nosso programa permanente de segurança alimentar”. Frei Frei Turra lembra que a entrega das cestas básicas só acontece porque os fiéis são pessoas solidárias que fazem suas doações permanentemente.

A Ação Solidária Santo Antônio realiza sua atividade em sintonia com as orientações da Dimensão de Justiça, Caridade e Paz da Arquidiocese, mantendo cadastros atualizados dos beneficiários, ofertas de qualificação  e estimulo para a adoção de atividades de geração de renda familiar, além de atuar fortemente na defesa e garantia de direitos da população beneficiada. Eleutério agradeceu a Equipe de Voluntários, que mesmo com a situação de isolamento social continua colaborando para organizar o alimento a ser distribuído às famílias.

Cestas